Livros

Superando o Cárcere da Emoção

Texto de Nayra Cristina

É complicado falar de livros de autoajuda, é um tipo de literatura muito criticada nos dias atuais. Provavelmente porque as pessoas se consideram capazes de lhe dar com seus problemas sem ajuda nenhuma. Por isso não procuram psicólogos nem terapeutas mesmo enfrentando grandes problemas. Falar em fazer esse tipo de tratamento para alguns é a mesma coisa que o chamar de louco. Mas hoje, eu vou falar sobre um livro de autoajuda. Sobre um livro do renomado, Augusto Cury.

Ao iniciar a leitura desse livro, pode passar pela sua cabeça que ele não vá te ajudar em nada. Até porque, um dos principais focos do autor nesse livro em específico, é falar sobre o cárcere da emoção nos usuários de drogas. Mas saiba, que as dicas que ele dá nesse livro servem para quem sofre qualquer tipo de problema psicológico, desde o estresse até a depressão.

Não é fácil lhe dar qualquer tipo de problema que nos prive da nossa liberdade. Seja uma doença ou um vício. O ser humano tem o ímpeto que querer se sentir livre e independente, e à partir do momento em que nos vemos controlado por qualquer tipo de coisa, somos tomados por uma frustração enorme, que pode nos levar até mesmo a desistir de uma das coisas mais lindas do mundo, a vida.

Neste livro, Augusto Cury, conversa com o leitor sobre como ele poderia se soltar dessas amarras, sobre como ele poderia ser livre de novo. E se você é pai ou mãe, e teme que seu filho passe por esse tipo de problema, ele dá dicas lindas de como os pais podem não só prevenir que isso ocorra com os filhos, mas também os ensina ajudar os filhos que se encontram nessa situação.

E ele não usa apenas a psicanálise para falar sobre o cárcere da emoção, ele também usa a religião. Ele nos mostra como Jesus, mesmo tendo sofrido as piores situações desde o dia de seu nascimento, teve a capacidade de enfrentar tais problemas e ainda ajudar aos outros que se encontravam em situações parecidas. Nos dando grandes lições sobre o amor, a compaixão e a humildade.

Esse livro deveria ser lido por todos, pois ele nos ensina a lhe dar com nós mesmos e com o próximo nos momentos mais difíceis. Ele deve ser lido por adolescentes, adultos e idosos. Por pais e filhos. Neste livro, Augusto nos ajuda a redescobrir o melhor lado da nossa humanidade. E, portanto, você que está lendo esse texto, também deveria lê-lo, pois eu garanto, que quando terminar de ler, você será outra pessoa. E também garanto que você não vai se arrepender.


Amor & Dor

Porque nada é uma coisa só

Texto de Nayra Cristina

Acredito que você que está lendo este texto, assim como eu, já conheceu bem as dores do amor. Já conheceu os altos e baixos de um romance e todo o frio na barriga da montanha russa que é o amor. Pois bem, então você precisa ler as poesias da escritora goiana, Raissa Marques.

Posso te garantir que é impossível ler sequer um poema deste livro sem se identificar com os versos dela. Cada poema, cada verso, traz uma lembrança diferente, um sentimento diferente. A sensação de nostalgia está presente em cada palavra escrita nesse livro.

Os poemas de Raissa nos levam de volta aquele romance lindo e colorido que vivemos. Aquele término sofrido e dolorido que nos fez chorar no banho. Nos faz lembrar de pessoas que já se foram e ainda fazem falta. E para quem já sofreu muito com as dores do amor, faz voltar a ver os relacionamentos como algo lindo.

Raissa foi capaz de usar suas dores e amores para nos contar um pouco sobre nossas próprias vidas. Isso é o que torna Amor & Dor um livro dos mais bonitos que já li. Esses poemas nos fazem lembrar que mesmo nos momentos mais difíceis, não estamos sozinhos. E que sempre tem alguém que já passou pela mesma situação.

Ler Amor & Dor é como fazer uma terapia. É um poema diferente para cada situação. Um livro que pode ser lido rápido, ou devagar. Você escolhe se quer devorar essas palavras todas de uma vez. Ou se quer ler um poema por dia. Uma coisa eu te garanto, você vai ler de novo. E vai querer ler ele sempre de novo.

Agora, se você tem medo de repetir a leitura e enjoar dos poemas, não se preocupe. Raissa posta seus poemas constantemente em seu instagram @is.poetisa. É só seguir que você terá um poema lindo e diferente todo dia, para te fazer amar de novo, todos os dias.


O Estranho Mundo de Tim Burton

Texto de Nayra Cristina

Conhecido por seus filmes excêntricos, Tim Burton se tornou um dos diretores de cinema mais conhecidos da cultura gótica. Paul A. Wood nos traz uma biografia do diretor, contando um pouco sobre sua infância e sobre cada uma de suas produções cinematográficas. O livro é cheio de curiosidades e detalhes capazes de fazer qualquer fã se apaixonar ainda mais pelo diretor. 

O livro começa nos mostrando um pouco sobre a infância de Tim Burton, o garoto sombrio e solitário que viria a se tornar um grande diretor de cinema. O primeiro capítulo vai até sua entrada na Disney e sua participação no filme O Cão e a Raposa, onde Burton foi responsável pelo desenho da raposa.

Além disso, também é mostrado o motivo pelo qual o mesmo resolver sair dos estúdios Disney, após a ideia da produção do filme O Estranho Mundo de Jack ser rejeitada. Então, somos levadas as produções de cada um de seus filmes.

O livro segue a ordem cronológica das produções mostrando os filmes: As Grandes Aventuras de Pee-Wee; Os Fantasmas se Divertem; Batman; Edward Mãos de Tesoura; Batman O Retorno; O Estranho Mundo de Jack; Ed. Wood; Marte Ataca!; A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça; Planeta dos Macacos; Peixe Grande; A Fantástica Fábrica de Chocolate; A Noiva Cadáver; Sweneey Tood; 9 - A Salvação; Alice no País das Maravilhas; e outros projetos. Este último mostra a participação de Tim Burton na direção de desenhos, curtas, e vídeo clipes.

Após o lançamento do livro é claro que tivemos outras produções do diretor como Frankenweenie (citado no último capítula pelo curta live action produzido pelo diretor em 1985) e O Lar Das Crianças Peculiares. Mas isso não deixa de tornar o livro uma maneira incrível e interessante de conhecer o diretor.

Se você, assim como eu, é dos apaixonados pelo diretor mais excêntrico de Hollywood, não perca a oportunidade de ler essa grande obra de Pual A. Wood.


O amor e a história de Cam

Texto de Nayra Cristina

Já conhecemos a saga Fallen e todas as suas histórias de amor envolventes. Lauren Kate fez questão de nos mostrar que todos tem seu próprio romance dentro dessa história. No livro Paixão, ela nos mostra que o demônio, Cam, também viveu um amor e foi a desilusão amorosa que o fez optar pelo lado de Lúcifer. Mas e então? Cam sofreria sozinho pelo resto da eternidade? O que houve com sua amada Lilith?

Um amor tão lindo merecia seu próprio livro. E foi isso que Lauren Kate nos deu, o Livro de Cam.

Após fugir do casamento por não poder entrar em uma igreja, Cam se une a Lúcifer e passa a eternidade vivendo nas trevas e sofrendo pela perda do seu amor. Mas logo após o fim da maldição de Lucinda e Daniel, Cam recebe um sinal que o faz procurar pela sua amada novamente.

É então que conhecemos a adolescente roqueira e triste que Lilith se tornou. Uma reencarnação? Ela acredita que sim, que vive uma vida miserável e péssima em uma cidade cercada por uma floresta que vive em chamas, um lugar onde não existem finais de semana nem feriados. Onde ela precisa aturar seus colegas cruéis todos os dias. Um lugar onde ela nunca pode ser feliz.

Mas Cam descobri que após ele ter fugido do casamento, Lilith cometeu suicídio. O único pecado que não tem perdão. E que por isso está condenada a ficar no inferno por toda a eternidade. Vivendo vidas miseráveis inventadas pelo próprio Lúcifer como forma de punição. Vidas aonde o final é sempre o mesmo. O suicídio.

Cam faz um acordo com Lúcifer para tentar reconquistar sua amada e entra para o inferno em que Lilith vive atualmente, disposto a faze-la o amor de novo. Se ele conseguir, Lilith estará livre do inferno. Caso contrário, ele será eternamente punido por Lúcifer.

Será que a adolescente rebelde deixará que o bad boy se aproxime dela? Será que cam conseguirá derreter o coração de gelo da sofrida Lilith? Não perca a oportunidade de conhecer essa linda história em O Livro de Cam.


Anjos na Escuridão 

Texto de Nayra Cristina

Mais um dos livros complementares a saga Fallen, Lauren Kate nos traz Anjos na Escuridão. Para matar mais alguns mistérios que permeia a história de Daniel e Luce, esse livro mostra porque Lucinda e os anjos caídos foram para no reformatório Sword & Cross e outras partes dessa trama que não foram mostradas nos livros.

Primeiro temos a revelação sobre a morte de Trevor, o ex namorado de Luce. Neste livro Lauren Kate mostra como o garoto realmente morreu e porque Lucinda foi acusada de seu assassinato. Além de mostrar o sofrimento da garota que na época não conseguia entender o que estava acontecendo.

Em seguida temos a preparação dos anjos caídos para a chegada de Lucinda nesta reencarnação. Vemos como Ariane e Roland preparam tudo para poderem entrar no reformatório e encontrarem a garota.

A terceira parte nos mostra a relutância de Daniel em reencontrar a garota que tanto ama. Podemos ver o sofrimento que aquela maldição vinha causando no anjo. E a expectativa de poder libertá-la de seu amor para que a garota não sofresse com a maldição outra vez.

A quarta parte, no entanto, nos leva ao livro Tormenta, segundo livro da saga. Mostrado como o nefilim Miles, amigo de Luce, conseguiu salva-la do ataque dos párias que queriam leva-la. Em Tormenta sabemos que um Lucinda falsa foi levada por eles. Em Anjos na Escuridão, vemos como Miles fez para criar uma segunda Lucinda.

A quinta parte do livro nos traz uma estranha conversa entre a diretora da escola Shoreline (onde Lucinda é colocada por Daniel no livro Tormenta), Francesca e o demônio Roland. Uma conversa tensa que veio a anteceder os momentos mais marcantes da vida de Luce.

A quarta parte, retrata uma luta em o demônio Cam e uma Pária que estava à procura de Lucinda. Parte da briga é vista por Lucinda no livro Tormenta, mas somente Anjos na Escuridão mostra o que realmente aconteceu ali.

A última parte do livro nos traz uma cena deletada do livro Êxtase. Um sonho que Luce tem com Daniel logo após realizar o ritual para saber onde ocorreu a queda dos anjos.

Se você já se apaixonou pela saga Fallen e tem curiosidade de ver todos esses mistérios resolvidos, não perca a oportunidade de ler Anjos na Escuridão.


Apaixonados

Texto de Nayra Cristina

A saga Fallen possui uma história de amor capaz de fazer qualquer um se apaixonar. E, não contente em nos fazer apaixonar por Daniel e Luce, Lauren Kate nos traz Apaixonados, um livro com quatro histórias de amor que giram em torno da de Daniel e Luce.

Primeiro temos O dia dos namorados de Shelby e Miles, um casal de amigos que estuda com Lucinda no segundo livro da saga, Tormenta. Ambos são Nefilins, filhos de anjos de caídos. O casal que aparece durante a saga brigando quase sempre, até que no final os vemos como casal. Em Apaixonados, Lauren nos mostra como esse amor aconteceu.

Depois, temos o dia dos namorados de Roland. Roland é um dos demônios que faz parte do grupo de amigos que conhecemos em Fallen. Até então, Roland era apenas o melhor amigo de Daniel e o cara das festas. Em Apaixonados, vemos um Roland diferente, que u dia já viveu sua própria história de amor, um amor proibido.

O terceiro é o dia dos namorados de Ariane. Uma das anjas caídas apresentadas em Fallen, Ariane se torna uma das melhores amigas de Luce, mas muito sobre sua história não é mostrada nos livros da saga. Em Apaixonados, Lauren Kate nos mostra uma Ariane surpreendente, quebrando o padrão de livros de romance e podendo colocar muitos leitores em estado de choque. Contudo, não há história mais linda do que a de um amor capaz de deixar marcas.

Por último, temos mais uma história de Daniel e Lucinda. O casal que enfrentou uma maldição durante várias encarnações é trazido novamente em Apaixonados, com uma história do passado. Daniel como um cavalheiro medieval e Lucinda como uma camponesa. Uma vida em que vemos o amor de Daniel em toda sua força sobre a amada que mal pode tocar.

Não perca a oportunidade de se apaixonar e de viver diversos romances com os anjos, demônios e nefilins de Fallen. Não perca a oportunidade de conhecer os Apaixonados.


Da queda ao êxtase

Texto de Nayra Cristina

Sobre livros que viraram filmes e uma boa história de amor, cabe a mim falar sobre o romance que, entre todos os outros, foi o que mais conquistou meu coração. Lauren Kate se tornou minha escritora favorita graças a essa história e já a Disney conseguiu me satisfazer e decepcionar ao mesmo tempo, com a adaptação dela para as telonas.

Um romance que envolve uma garota reprimida, com diversos problemas que entre eles está a morte do garoto de quem gostava. Ele foi acusada, condenada e mandada para um reformatório especial, Sword & Cross.

É lá que Lucinda conhece Ariane, Roland, Gabi, Cam e Daniel. É lá e com eles que ela começa a viver sua história. É lá que Luce conhece o amor. Com olhos azuis em tons violeta e cabelos louros, Daniel rouba o coração a garota à primeira vista. Mas ela nem sonha com o que esse amor é envolto e do que ele é capaz.

Com fortes elementos da cultura gótica e da religião cristã, a saga Fallen é descrito por P.C. Cast como "sexy, sublime e assustador...". Em quatro livros, Lauren Kate nos traz o amor de Luce e Daniel com todo o seu mistério. Temos Fallen, Tormenta, Paixão e Êxtase.

Ao se apaixonar e descobrir o que seus amigos e seu amor são de verdade, Lucinda mal pode imaginar que todos os problemas que está para enfrentar são culpa do próprio Lúcifer. Na busca incessante de descobrir quem ela realmente é e o que pode fazer para ficar com seu amor, Luce embarca um uma aventura perigosa e emocionante. 

Na adaptação para as telonas, a Disney fez a melhor seleção de atores que poderia ser imaginada. Os atores eram exatamente como são descritos nos livros, e isso no começo nos leva a creditar que seria uma das melhores adaptações já vistas.

Contudo, a Disney comete o mesmo erro que citei em Dezesseis Luas, a vontade de resumir quatro livros em um filme de pouco de duas horas. O roteiro nos decepciona em vários sentidos. A história foge do que lemos por vários momentos. Mesmo mantendo as cenas clássicas dos livros idênticas e bem como o imaginado, a Disney consegue levar o enredo de outra forma, decepcionando os fãs.

Mas nem por isso, deve-se abrir mão de ler essa apaixonante história de amor.

Não perca a oportunidade de se apaixonar por uma história de amor capaz de durar mais do que o próprio tempo. Não perca a chance de se apaixonar por Luce e Daniel. Não perca a oportunidade de ler Fallen.

O Menino do Pijama Listrado

Texto de Nayra Crsitina

É difícil ler qualquer coisa que retrate o período da Segunda Guerra sem se sentir triste e com o coração apertado. Mesmo quando sabemos que é uma história fictícia, ela nos faz chorar. Ainda não consegui ler nenhum livro sobre esse período histórico que não me fizesse derramar lágrimas.

John Boyne utiliza esse período para nos trazer mais uma linda e trágica história. Não há como falar desse livro sem lembrar do filme. E digo que este foi um dos poucos filmes baseados em livros que li, que não me decepcionou. É claro que há momentos do livro que não cabem no curto período que as telas dos cinemas nos proporcionam, mas esse ainda conseguiu ser mais fiel possível.

É difícil dizer se o menino do pijama listrado seria Bruno, o personagem principal da história, ou seu amigo Shmuel. Cada um tem sua própria opinião sobre isso. E essa dúvida surge justamente no final dessa história.

Ao decorrer dela é fácil entender que poderia ser Shmuel, o garoto preso no campo de concentração comandado pelo pai de Bruno. Os uniformes que os judeus utilizavam nos campos eram listrados e parecidos com pijamas. Então é fácil entender que na cabeça de Bruno, o seu amigo usa pijamas constantemente. Como ainda é criança, Bruno não entende o porquê seu amigo fica preso, porque é obrigado a se vestir daquele jeito e porque eles não poderiam ser amigos.

Por conta disso, muitos acreditam que o menino citado no título do livro seria Shmuel e não Bruno. Porém o final da história mostra que o menino pode sim ser Bruno devido ao esforço que ele faz para se juntar ao seu amigo e poder brincar com ele.

O Menino do Pijama Listrado tem um final capaz de nos trazer um misto de sensações e emoções. Nos faz chorar e nos arranca sorrisos ao longo de sua história. Um livro com um tom infantil, indicado para todas as idades.

Apaixonante, chocante e lindo. Não percam a oportunidade de ler e conhecer O Menino do Pijama Listrado.


Hush Hush

Texto de Nayra Cristina

Seguindo a linha de romance gótico, Becca Fitzpatrick traz a saga de livros Hush Hush composta por quatro livros. Sussurro, Crescendo, Silêncio e Finale nos mostram a história de Nora.

A adolescente Nora acaba conhecendo e se apaixonando por Patch, um rapaz misterioso que guarda grandes segredos. Fugindo dos "padrões de beleza" Becca nos traz uma personagem comum e que consegue fazer qualquer leitora se sentir como a própria protagonista. Enquanto isso, Patch se apresenta com o estilo Bad Boy misterioso que faz qualquer adolescente se derreter.

Esse romance gira em torno de muito suspense envolvendo a família de Nora e o passado de Patch. Além das diversas brigas que o casal vive por conta de ciúmes causado sempre pela inimiga de Nora e "amigo" de Patch. O casal ainda deve enfrentar o passado do rapaz e quem ele é e o passado da mãe de Nora, que revelará quem ela é.

Além disso, o romance envolve a vida amorosa de Vee, melhor amiga de Nora, que tem a tendência a se apaixonar pelos caras errados. Apesar de ser uma das personagens mais carismáticas que conhecemos na história. Vee poderia ser facilmente a melhor amiga de qualquer garota que ler Hush Hush.

Emocionante, apaixonante e fascinante, a saga nos faz apaixonar por cada uma de suas páginas. Se você deseja entender melhor os segredos por trás desse romance e saber se o casal consegue ficar junto e se Vee consegue se apaixonar pelo cara certo, não perca a oportunidade de ler Hush Hush.


Para Sempre

Texto de Nayra Cristina

Dividido em seis livros, a saga Para Sempre segue a linha de romance clichê com um pouco de misticismo, espiritualidade e lendas. A escritora Alyson Noël consegue trazer segredos sobre pedras, flores, auras, cores e muito mais dentro de uma história de amor infinito.

Os livros da saga são Para Sempre, Lua Azul, Terra de Sombras, Chama Negra, Estrela da Noite e Infinito. Juntos eles contam a história da garota Ever, uma sobrevivente de um acidente de carro que conseguiu ganhar o dom da mediunidade. Além de ver espíritos daqueles que não conseguiram atravessar a ponte para o outro lado ela também consegue enxergar as auras de todos.

Ever conhece Damen, até então, o único de quem ela não consegue enxergar a aura. Tentando entender os seus dons e o mistério sobre o garoto e sobre outros como ele que aparecem depois, ela procura a ajuda de outra médium.

Apaixonada por Damen, Ever se envolve e acaba se tornando alguém como ele. Isso aperfeiçoa seus dons e lhe dá ainda muito mais. E então ela começa a buscar pelo passado de seu amado. Tenta entender quem ele é e porque é o que é.

Essa jornada lhe trará aventuras assustadoras e emocionantes. O amor de Ever e Damen é colocado a prova e até mesmo a melhor amiga da protagonista é envolvida nesse mistério.

Quer descobrir o que Damen é e qual seus segredos? Quer saber como termina esse romance e todo esse mistério? Então não perca a oportunidade de ler a saga Para Sempre de Alyson Noël.


De Dezesseis à Dezenove Luas

Texto de Nayra Cristina

Uma saga de romance no estilo adolescente escrita por Margaret Stohl e Kami Garcia. Um romance que envolve diversos personagens de lendas góticas como Bruxas, Íncubos e fantasmas.

Em Dezesseis Luas conhecemos o personagem principal desse romance, Ethan Lawson Wate. Um adolescente órfão de mãe que é apaixonado pelo filme E o Vento Levou (que é usado como referência constantemente nos livros).

Ethan se apaixona por Lena, uma nova aluna na escola, que é maltratada pelos colegas por ser "esquisita" e morar na casa do tio que é temido por todos os habitantes de Gatlin. Apaixonado, Ethan não entende o motivo de tanto medo e segredos de sua amada. Que são desvendados no final do primeiro livro.

Esse amor gera problemas diversos para o casal e o adolescente embarca em aventuras com monstros que há pouco tempo nem sabia que existiam. Ethan e Lena enfrentam novas batalhas a cada livro para poderem ficar juntos. E ao longo dessa aventura, o garoto descobre segredos sobre sua própria família que foram escondidos dele.

A saga de livros já chegou a ter uma versão exibida nas telonas. Contudo, apenas um filme tentou resumir toda a incrível história do casal, falhando nessa tentativa. Para a adaptação nas telonas ocorreram diversas alterações na história, personagens foram retirados, momentos foram alterados e como se isso já não bastasse para decepcionar os fãs, o fim da história foi completamente alterado.

Diferente do filme, a saga dos livros é envolvente, apaixonante e emocionante. Uma forte recomendação para os amantes dos livros. A pedida certa para quem acredita que há muito mais nesse mundo do que somos capazes de imaginar.


Teardrop. Dilúvio

Texto de Nayra Cristina

O segundo livro da saga Teardrop da autora Lauren Kate, nos traz o desfecho da história de Eureka. A garota que não poderia chorar. No primeiro livro vemos a garota se apaixonar e derramar sua primeira lágrima. Após a lagrima, vem um dilúvio e então entramos na segunda parte dessa incrível história.

Com o dilúvio causado por sua lágrima, Eureka tenta salvar seu pai, seus dois irmãos e sua melhor amiga. Junto a Ander, o garoto por quem se apaixonou, ela também terá que descobrir o que fazer sobre o retorno de Atlantis.

Os seis encaram uma aventura onde terão que descobrir onde a terra perdida irá surgir e o que poderá acontecer com após seu renascimento. Mas para descobrir isso, Eureka precisa conhecer a história de seus ancestrais e o motivo pelo qual a cidade afundou. Ela precisa conhecer a lenda e o seu destino.

Eureka descobrirá que foi o amor que fez com que suas ancestrais fossem amaldiçoadas. E que foi o mesmo que fez com que Atlantis afundasse, podendo ser salva apenas por ela. E assim ela encontrará um meio de salvar Atlantis e seu verdadeiro amor. 


Teardrop. Lágrima

Texto de Nayra Cristina

Lágrima é o primeiro livro da saga Teardrop, escrito por Lauren Kate. O livro envolve romance e a lenda da perdida cidade de Atlantis. Uma cidade que não pode ser salva, uma história que depende apenas de uma garota.

A garota Eureka, logo na infância, foi proibida de chorar. Sua mãe a convence de que ele nunca, jamais, pode derrubar uma lágrima sequer. E assim ela o faz.

Já na adolescia, Eureka conhece Ander, sem saber que ele já a conhecia desde que nascera. Ao longo desse romance, a garota descobre segredos sobre sua mãe, Ander, sua data de nascimento (29 de fevereiro) e a cidade perdida de Atlantis.

Sem saber que corre perigo, Eureka se apaixona pelo garoto e então começa a viver a maior aventura de sua vida. E com isso, descobre quem ela realmente é e qual o propósito de seu nascimento. Ela descobre que bastaria que apenas uma lágrima caísse de seus olhos para que todo o seu destino fosse alterado.

Uma aventura, um romance emocionante e uma antiga lenda. A autora conseguiu unir em uma incrível saga todos esses ingredientes. Incrível e inesquecível, o primeiro livro de Teardrop com certeza deixa os leitores com um gostinho de quero mais.


O Diário de John Winchester

Texto de Nayra Cristina

Sem dúvidas, Supernatural (ou Sobrenatural) é uma das melhores séries dos Estúdios Warner. Envolta em mistérios, terror e com muitas lendas urbanas, a série segue rumo a 14 temporada e com muito sucesso. E todos sabem que a série gira em torno da família Winchester, principalmente dos irmãos Dean e Sam, filhos de John, que seguem com o negócio da família através dos ensinamentos escritos no diário do pai.

Com todo o sucesso da série, o estúdio autorizou o lançamento do diário de John Winchester como livro. Escrito pelo autor Aex Irvine, o livro traz para os fãs todos os ensinamentos escritos no famoso diário da série.

O diário, a princípio, conta a história da família, desde a morte de Mary, mãe dos irmão Winchester, até como isso fez o pai dos meninos entrar o mundo dos caçadores de monstros. Com isso, muitas curiosidades que a série deixa aos fás são finalmente sanadas.

Além disso, o livro ensina as diversas formas de matar monstros, entre eles: vampiros, lobisomens, fantasmas, wendigos, etc. E é claro que não podia faltar aquilo que todos os fãs de Supernatural querem aprender, exorcizar demônios. O diário possui 6 páginas completamente em latim com o texto que deve ser lido para se fazer um exorcismo.

Então, se você é um Hunter ou se chegou a assistir a série por um tempo mas ficou com muitas perguntas não respondidas, vale muito a pena ler O Diário de John Winchester.


Robert Plant, Uma Vida

Texto de Nayra Cristina

Um livro para os apaixonados no bom e velho rock n' roll, uma biografia de um dos maiores nomes da música, uma das vozes mais marcantes do cenário musical. A história da vida de um dos maiores dinossauros do rock, Robert Plant.

Todo mundo, pelo menos uma vez da vida já ouviu alguma música do Led Zeppelin. A banda é uma das mais clássicas do mundo do rock. E a voz do seu vocalista é com certeza uma das mais marcantes da história. Um timbre que consegue alcançar notas agudas e descer até as mais baixas sem que o público consiga perceber qualquer mudança.

Para os roqueiros, Robert é aclamado e respeitado pelo seu talento natural. Mesmo aqueles não são fãs da banda, reconhecem a capacidade vocal de Plant e o admiram.

A biografia do cantor, consegue fazer até mesmo aqueles que nem sabiam quem era Robert Plant o reconheçam e admirem profundamente. Uma história que envolve sexo, drogas, rock n' roll e muitos altos e baixos.

Nesse livro, conhecemos o garoto apaixonado por Elvis, que costumava frequentar Pubs na adolescência para ouvir as bandas de rock e blues amadores de Londres até por fim, finalmente montar sua primeira banda.

A partir daí, começamos a ver o cantor, o compositor, o artista que fundou uma das maiores bandas da história da música. Também conhecemos o Robert Plant marido e pai.

E o livro ainda nos mostra quem se tornou Plant depois do auge de sua fama e glória, quem se tornou esse homem com o fim do Led Zeppelin. O homem que perdeu um filho, um amigo e sua banda.

Um livro que recomendo a todos que são apaixonados por música, por rock n' roll e por uma boa história.


INFERNO

Texto de Nayra Cristina

Com um título desse é provável que muitos evitem ler uma das melhores obras de Dan Brown. Mas digo que este é com certeza um livro que todos deveriam ler. A reflexão que a narrativa nos traz torna esta, uma obra socialmente necessária.

Dan Brown já conhecido por ser um autor que faz com que seus leitores reflitam sobre assuntos que muitas vezes estavam tão claros que eram ignorados. E Inferno não foge disso. Contudo, o que o autor evidencia nessa obra é preocupante.

Lendo ao Inferno nos encontramos, logo nos primeiros capítulos, apaixonados pela cidade de Florença. Os detalhes com que o autor descreve a cidade italiana causa no leitor o desejo que ver tudo o que está escrito ali com os próprios olhos.

O motivo do local escolhido para a história e o título foram escolhidos para nos fazer refletir sobre outra obra, Divina Comédia de Dante Alighieri. E com isso, mais uma vez o autor consegue produzir um desejo no leitor. Aqueles nunca leram esse clássico, ao lerem Inferno começam a sentir uma necessidade de ler a obra de Dante.

Mas especificamente, Dan Brown comenta em seu romance sobre o Inferno da Divina Comédia. O motivo? Para mostrar que se não forem tomadas medidas urgentes, o dito inferno será o futuro da Terra.

O autor abre os olhos dos leitores para o fato de que os recursos do planeta são limitados e se a população mundial não parar de aumentar, logo os recursos acabarão. O vilão da história nos mostra que o próprio planeta tem recursos para se livrar no excesso de humanos, como ocorreu com a peste negra durante a Idade Média.

Podemos dizer que Zobrist tem o mesmo objetivo que o Tanos do filme Vingadores Guerra Infinita: diminuir a população mundial para que os recursos sejam suficientes para todos. Contudo, Zobrist utiliza de um vírus contagioso para conseguir tal feito. E o papel do Professor Langdon nessa história, é impedi-lo. Mas assim como no filme dos Vingadores, Inferno nos faz pensar se o vilão está realmente errado. Porque os dados trazidos ao longo da história fazem com o que o leitor comece a acreditar que não.

Então, Inferno é exatamente como diz a frase de seu resumo: "é uma leitura eletrizante e um convite a pensarmos no papel da ciência para o futuro da humanidade."


Só por hoje e para sempre

Nayra Cristina

Ao se falar de rock nacional a primeira banda que a maioria se lembra é Legião Urbana. As letras e canções do Renato Russo marcaram a história da música nacional e muitas de suas composições fazem sucesso até hoje. Há alguns anos o filho de Renato, Giuliano Manfredini, permitiu o lançamento do diário do compositor.

No início dos anos 90 Renato foi internado para tratamento do seu vício em heroína. A internação foi uma escolha do próprio músico após um acontecimento envolvendo seu filho. O diário foi escrito nesse período de internação e dá aos fãs a possibilidade de conhecer um Renato Russo bem diferente do que se imagina.

O diário mostra muito mais do que a penas a vivencia do compositor na clínica, nele também conhecemos as histórias das pessoas que interagiram com ele lá dentro. Além disso, o livro também possui as fichas dos médicos que trataram o músico na clínica, mostrando a visão dos mesmos sobre o desenrolar do tratamento.

No diário, Renato também conta como surgiram as ideias para algumas de suas composições famosas e conta histórias de sua vida antes da internação. Com isso os fás conhecem o lado escuro do músico com vício em drogas e que se deixava levar pela fama em vários momentos.

O livro causa em quem já é fã do compositor uma proximidade capas de causar ainda mais apresso pelo mesmo, conhecendo os defeitos e qualidades do ídolo. Melhor do que qualquer filme ou documentário sobre Renato Russo, o livro conta a verdadeira identidade da voz que cantava as letras lindas que conhecemos. A voz que marcou toda uma geração. 


O Melhor de um Livro

Nayra Cristina

Apaixonante e capaz de tirar lágrimas de qualquer uma, O Melhor de Mim é mais um clássico do Nicholas Sparks. Um romance que segue o modelo Romeu e Julieta em uma trama que te prende pelo amor impossível e pela ânsia de saber se é um amor com final feliz.

Amanda Collier e Dawson Cole são os personagens principais da história. O casal já havia vivido um grande amor na adolescência e agora estão prestes a se reencontrar. Dawson se tornou um homem solitário e triste com todas as dificuldades impostas pela vida. Já Amanda se tornou esposa e mãe, mas nada disso apagou nela a chama do antigo amor.

Os problemas para os dois começaram na adolescência, com aquela típica história de amor impossível. Ela de uma família rica e ele da família mais perigosa da cidade. Na vida adulta eles voltam a ter os mesmos problemas, só que agora as coisas se tornam mais difíceis, uma vez que Amanda está casada.

A trama deste livro envolve suspense e cada capítulo é capaz de prender o leitor ainda mais. O livro causa no leitor uma ânsia para que o casa consiga finalmente ficar junto. Daquele tipo de livro que é impossível se ler apenas uma capítulo por dia.

O livro traz reviravoltas, e problemas constantes, principalmente para Dawson. É impossível saber ao certo o que acontecerá no final dessa história. E, como sempre, Sparks é capaz de tirar longas lágrimas de quem lê e se apaixona por seus livros. Se você ainda não leu, deveria ler. 


Um livro de Princesa

Texto de Nayra Cristina

Se você é do tipo que gosta de romances "clichês" o livro Elena: a filha da princesa, foi feito pra você. Escrito por Marina Carvalho, o romance é uma obra nacional com um conta que lembra o filma Diário da Princesa. Só que a história não é da princesa, mas da filha dela.

Ana é a princesa da história, uma mineira que descobre ser filha de um Rei e logo assume seu papel como princesa da Krósvia. A introdução, é claro, conta como tudo isso aconteceu, com quem ela casou e logo nos primeiros capítulos temos o nascimento de Elena.

O livro faz um salto cronológico para ir direto a adolescência de Elena e contar a sua história de amor. Um romance no estilo Romeu e Julieta, com trechos picantes e uma trama envolvente.

Qualquer mulher com sonhe com seu próprio conto de fadas se apaixona fácil por esse livro. O amor vivido por Elena é do tipo que não se encontra em qualquer lugar e que derrete o coração de qualquer uma.

Um livro recomendado para todas as idades, Elena: a filha da princesa, com certeza vai roubar o coração de todos que o leem. O típico livro que deixa um gostinho de "quero mais" e que reacende os sonhos de adolescente.

Um livro de Ouro

Nayra Cristina

O livro "Menino de Ouro" da autora inglesa Abigail Tarttelin conta a história do menino Max Walker. O romance conta com uma trama que envolve problemas familiares e as dificuldades de ser um adolescente intersexual. Se pudéssemos juntar a maior quantidade de problemas que um ser humano poderia enfrentar, teríamos a história de Max.

Tendo como tema principal a intersexualidade de Max, o livro mostra sobre como é importante conversar sobre o assunto, principalmente com as crianças que sofrem com tais problemas. E com tal temática, o livro ainda aborda questões sociais como escolha de gênero, estupro e gravides na adolescência.

A autora mostra quais as consequências da falta de diálogo em família quando o assunto é orientação sexual, além de mostrar traumas que podem ser causados em crianças com doenças raras que muitas vezes são tratadas por médicos como cobaias.

Uma criança intersexual é a mesma tida como hermafrodita, ou seja, uma criança que possui os dois tipos de órgãos sexuais. No livro a autora fala sobre as cirurgias que são fornecidas para crianças com esse problema, que permitem que um dos órgãos seja retirado, transformando a criança em menino ou menina. Com tudo, Abigail também mostra o que poderia acontecer caso os pais escolham fazer a cirurgia quando a criança ainda é muito nova. Entra-se então na escolha de gênero.

O livro mostra a importância de se ter total ciência se a criança se identifica mais como menino ou menina antes de fazer tal cirurgia, para que evitar possíveis problemas psicológicos no futuro. Mas a autora também mostra os problemas de se esperar tempo demais para fazer tal cirurgia.

Max Walker é mostrado no livro como o filho perfeito, o irmão perfeito e o aluno perfeito. Um menino de ouro, sem defeitos e com uma vida perfeita. No entanto, Max e seus pais insistem em guardar segredo sobre sua intersexualidade, o que causa diversos problemas para o personagem, a começar pelo medo de se relacionar sexualmente com alguém.

Prestes a entrar na vida adulta Max começa a sofrer as consequências de se guardar tal segredo por tanto tempo. Com isso, a autora nos mostra como o menino de ouro acaba deixando a ideia de menino perfeito ser desconstruída e como sua vida social e familiar é alterada.

O romance é envolvente e forte. O tipo de livro que deve ser indicado para aqueles que querem entender mais sobre a intersexualidade e para aqueles que evitam falar sobre orientação sexual. Abordando problemas enfrentados na sociedade cotidianamente do tipo que "pensamos que nunca vai acontecer conosco" o livro toca a alma e o coração de qualquer um que o leia.